Shad Thames

Post rapidinho hoje, só pra contar um negócio legal que me dei conta no caminho pra casa! Tava uma tarde tão gostosa hoje que resolvi descer do metrô em London Bridge e andar o resto do caminho até em casa: IMG_2467 Shad Thames é a rua que continua o “calçadão” da orla do Tâmisa além da Tower Bridge, onde a maioria dos turistas nunca vai e que eu só descobri depois de me mudar pra cá. Mas a rua acabou emprestando o nome para toda a área entre a ponte e um afluentezinho do Tâmisa chamado rio Neckinger. Shad Thames Essa área é conhecida na cidade por ter uma arquitetura muito única, porque os prédios por ali eram todos armazéns de mercadorias que chegavam a Londres de navio. Todos eles têm “passarelas” de metal que conectam o prédio de um lado da rua ao outro, porque originalmente esses armazéns eram públicos, a pessoa alugava o espaço pra guardar as mercadorias e era tudo gerido por um ente só. IMG_2478 E aí é que entra a reflexão nerd du jour: passando por ali hoje, me dei conta de que os nomes engraçadinhos dos prédios que eu tinha visto outro dia tinham um denominador comum! Saca os nomes dos prédios, um do lado do outro: IMG_2473 IMG_2474 IMG_2475 O prédio do cravo? Cais do comércio de chá? Cais da canela? GENTE!!! Os ingleses foram um dos povos que explorou com mais maestria a rota dos temperos! The East Indies, como eles chamavam na época. Tanto é que comida indiana é quase um “clássico da culinária inglesa”, hahahaha que eu sempre achei um sarro! De repente comecei a andar pelas ruas olhando pra cima pra ler todos os nomes dos prédios #perigo hahaha. Cais da Jamaica, cais da China, cais de Java. Cais do trigo. Cais do açafrão. Prédio do coentro. GENTE!!! Sério, sabe aquele momento “eureka” que você de repente se dá conta de um negócio que é MUITO legal? Fiquei imaginando os navios chegando com todos esses ingredientes exóticos, que ninguém conhecia, que eram vendidos a pequenas (ou grandes) fortunas. Aquele cais de porto de livro do século 19, sabe? Movimentado, com os cheiros misturando tempero com chá com peixe com marinheiros que não viam um banho há muito tempo, aquela coisa meio insalubre mas que tem o seu charme? Achei o máximo. Minha imaginação é tão fértil que não precisa mais do que uns nomes de prédios pra toda uma cena se desenrolar na minha mente. Adoro como Londres me faz pensar! E aprender. História, geografia, política, arquitetura, arte. Cada dia chego em casa com uma curiosidade nova. Antes de tirar a roupa da rua já fui obviamente tentar confirmar minha teoria né. Muito legal também a facilidade com que se encontram informações históricas por aqui. Outro dia viajei um monte na história do meu distrito. Hoje, na primeira googlada já encontrei um pdf contando mil histórias sobre os prédios mais tradicionais de Shad Thames. Ai. É muito amor por essa cidade!!!

Anúncios

2 respostas em “Shad Thames

  1. Gabi! Tou entretida aqui lendo o seu blog! Li desde o inicio, mas esse post ta sensacional! Ahahah adorei o jeito que vc raciocina!! Mari (@lets.travel) beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s